Boa Tarde! Hoje é 18 de Junho de 2024


Marlene Capelli Galeazzi naturalmente elegante

 Marlene Capelli Galeazzi naturalmente elegante

    A empresária Marlene Capelli Galeazzi é sócia na Galeazzi Auto Center, empresa fundada pelo marido Edemar Galeazzi, gaúcho de Encantado, que chegou a Pato Branco em 1970. Os dois administram a empresa de forma setorizada, já o bom gosto da loja combina discretamente com o charme e estilo dela.
Marlene é uma mulher elegante. Está sempre pronta, bem alinhada no trabalho, fora ou em qualquer lugar. Olha as pessoas de frente, com sorriso carismático.
   A determinação e o conjunto no todo são admirados pelas colaboradoras da loja, que se espelham nela na apresentação do local de trabalho e persistência nos adjetivos.
   “Ela não desiste nunca. É determinada. empreendedora. E uma benção”, resume a administradora e gestora de negócios Aline Dalla Costa. Supervisora administrativa, Aline tem 22 anos de empresa, o que a torna a mais antiga colaboradora e, cuja opinião, portanto, informalmente ganha ressonância no pensamento dos colaboradores.
O ingresso da nova sócia.
   Fato é que o negócio ganhou um norte de organização e planejamento com o ingresso de Marlene como sócia em 1988. Ela acrescentou a formidável expertise que adquiriu no setor bancário, em que chegou a trabalhar no nível de gerência por vários anos, realizando o sonho que tinha de menina. O contexto de época conspirou a favor da mudança.
   “Com o fechamento da agência do Banco Nacional em que trabalhava, em 1988, recebi convites de trabalho para Cascavel ou Curitiba. Decidi ser sócia da Galeazzi. Era a lógica natural. Eu tinha o marido, e uma empresa para administrar em Pato Branco”, ela recorda, a partir da sua sala de trabalho, de frente e com ampla visão da loja.
Marlene trouxe também à sociedade a cultura de treinamentos de capacitação, em que ela ganhara diversos prêmios. O mais importante foi vencer em nível de Paraná, com sua história, o Sebrae Mulher de Negócio, além de ter se colocada entre as nove finalistas em nível nacional. Um mural no espaço de espera da loja mostra 16 diplomas de certificação, destaques e prêmios de treinamentos e capacitação.
Falando de coração aos seus
O talento de empreendedora ela credita à mãe dona Dozolina Menegazzo. “Ela é incrível, nos ensinava estratégias de venda de produtos da roça, éramos meninas de sete anos”, ela se emociona.“Seus filhos empreenderam em funçãodos dos encinamentos e explemplo da mãe.
    Hoje ela seria uma empreendedora”. Marlene se emociona novamente ao lembrar do mano Gelson Luiz Capelli, consultor e gerente do Ceag que virou Sebrae. Ele foi importante na consultoria à época de aquisição do terreno próprio à empresa. Ele faleceu em 1990”.
    Em tempo de lembranças e homenagens pelos 40 anos da empresa, Marlene também dedica lembranças aos que lhe são caros: o filho Alessandro Galeazzi, que trabalha na empresa, a filha Ana Paula, médica em Porto Alegre, aos colaboradores, volta a falar da mãe, Dona Dozolina, que aos 89 anos mora num apartamento anexo ao prédio da empresa.        Emociona-se a com o marido que também a admira, que a ama do jeito de quem ama.
   “Deus é tão generoso que criou uma pérola no ventre de Dona Dozolina. E tão mais generoso que a transformou num diamante. Marlene é a pérola que se tornou diamante”. Palavras do seu esposo Edemar Galeazzi.

OS 40 ANOS DA GALEAZZI AUTO CENTER UMA HISTÓRIA QUE MERECE SER CONTADA

   Quem se impressiona com o prédio da Galeazzi Auto Center, na Rua Tapir 1210, não imagina como foi o começo, no modesto endereço da Rua Dr. Silvio Vidal. Em um porão do seu Egídio Galeazzi, em memória, pai de Edemar Galeazzi, fundador da empresa há 40 anos. Resgatar a trajetória, presente e planos futuros da empresa e dos personagens que a construíram é uma história que merece ser contada. Um desafio.
   A qualidade dos serviços acrescia e fidelizava sua clientela, a criatividade e ousada na transformação de um fusca atraiu a grande imprensa nacional, com reportagem na revista Quatro Rodas. Foi assim também que o porão logo foi ficando pequeno.
“O negócio expandia e exigia espaço maior e central”, recorda-se Edemar. Ele supriu essas demandas com o novo endereço na Avenida Tupi, em 1987. O sonho da sede própria, porém, era ainda projeto de futuro, para 1990. “A determinação é importante, ou se é empreendedor, ou não”, filosofa Edemar.
O negócio ganhou com a entrada de Marlene Capelli Galeazzi como sócia em 1988. Esposa de Edemar, Marlene trouxe conhecimentos adquiridos na carreira bancária e a cultura de treinamentos que lhe renderam prêmios no SEBRAE.

Hoje
A Galeazzi Auto Peças cresceu se transformando numa das maiores, mais bem estruturadas e qualificadas do Paraná, prestando serviços em Pato Branco e região, Santa Catarina e também para clientes de outros estados.
A lista de serviços ofertados vai dos mais básicos aos de tecnologias de rastreamento e monitoramento de veículos, motos e caminhões, particulares e frotistas. Além de produtos na linha de bancos de couro, capotas, alarmes e central multimídia, para citar alguns. Uma trajetória para se orgulhar e também orgulhar Pato Branco nesses 40 anos de sucesso.
Personagens
     O negócio é administrado a várias mãos. Edemar está à frente das vendas, e prospecção de oportunidade em novos negócios; Marlene comanda a organização e administração, loja, os colaboradores, enfim, é o coração no cotidiano do negócio; o filho Alessandro Galeazzi é gerente comercial e de atendimento. A filha Ana Paula não participa do cotidiano, é médica em Porto Alegre.
Um projeto para o futuro próximo será ampliar seus serviços para caminhões, o que significa prover espaços e adequações em locais de acesso às rodovias que margeiam Pato Branco. O espírito dessa sequência de negócios já é conhecida por Edemar e Marlene.
Texto: Clóvis Grelak/Fotos: Kleber de Abreu

1-MARLENE
KDA6269
KDA6091
KDA6192
KDA6210
KDA6057
KDA6025
Dona-Marlene
KDA8439
KDA6250